Café contra o câncer: OMS diz que café pode ajudar na cura

Café contra o Câncer – Não existem provas de que beber café provoca câncer, concluiu a agência da Organização Mundial da Saúde (OMS) dedicada à doença.

Anteriormente a Agência Internacional de Pesquisa do Câncer (IARC, na sigla em inglês) classificou o café como “possivelmente carcinogênico”, colocando-o na lista de possíveis causadores do câncer de bexiga.

 

O produto permaneceu nesta lista por 25 anos.

 

A entidade informou que sua análise mais recente não encontrou indícios conclusivos de efeito carcinogênico na ingestão de café e irá ressaltar alguns estudos que mostram que o café, na verdade, pode diminuir o risco de se desenvolver certos tipos de câncer.

Ao mesmo tempo, porém, afirmou que outras evidências científicas levam a crer que beber qualquer coisa muito quente – perto de 65 graus Celsius ou acima – incluindo água, café, chá e outras bebidas, provavelmente pode causar câncer de esôfago.

Sediada na cidade francesa de Lyon, a IARC havia rotulado o café como possível carcinógeno em sua categoria 2B, ao lado de clorofórmio, chumbo e muitas outras substâncias.

 

A Associação Nacional de Café dos Estados Unidos saudou a mudança na classificação da IARC como uma ótima notícia para os consumidores de café.

 

A reviravolta na OMS vem na esteira da revisão, pela IARC de mais de mil estudos que não indicavam o café como causador de câncer, conforme detalhes concedidos ao The Wall Street Journal.

Pesquisadores concluíram que não há qualquer evidência de risco cancerígeno oferecido pelo consumo de café.

O cientistas constataram que diversos estudos mostravam que o consumo da bebida não oferecia efeitos cancerígenos no pâncreas, mamas e próstata, além de observar a redução de riscos no câncer de fígado e endométrio uterino.

 

O produto é a bebida mais consumida nos Estados Unidos, superando inclusive água de torneira, afirma a NCA.

 

Desde 2011, o consumo global tem crescido em média 2,5% ao ano.

Mais de 150 milhões de sacas de 60 quilos foram consumidas globalmente em 2014, de acordo com dados da Organização Internacional do Café (ICO).

 

Café contra o câncer

 

Café contra o Câncer: bebidas muito quentes podem provocar tumores

 

Na avaliação da IARC, estudos com animais dão a entender que os efeitos carcinogênicos de bebidas muito quentes provavelmente ocorrem com temperaturas de 65 graus Celsius ou mais.

O câncer de esôfago é o oitavo tipo de câncer mais comum do mundo e uma das maiores causas de mortes resultantes dessa doença.

 

Tipos de câncer evitados com o consumo de café

 

Café contra o Câncer: de acordo com novas análises divulgada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o café vem mostrando que pode ser benéfico contra os mais diversos tumores que originam o câncer.

Outros estudos comprovaram que cerca de 3 xícaras da bebida por dia atua na redução da absorção de receptores causadores da doença.

 

Veja, abaixo, como moderadamente o consumo de café pode ajudar o nosso corpo nessa luta contra as células cancerígenas!

 

Câncer de mama: o café diminui o risco da doença alterando o metabolismo de alguns hormônios femininos, evitando que os estrógenos negativos de desenvolvam.

Especialistas da Karolinska Institute de Estocolmo divulgaram que mulheres que bebem café , tem 57% menos de chances de desenvolver o câncer de mama.

Câncer de pele: a bebida diminui o risco do melanoma, o tipo mais grave de câncer de pele.

Os estudos foram divulgados no jornal americano Journal of the National Cancer Institute e apontam que pessoas que ingerem cerca de 3 xícaras por dia diminuem em 20% o risco de desenvolver a doença.

Câncer de próstata: estudo da Escola Pública de Harvard, nos Estados Unidos, comprova que homens que bebem café reduzem cerca de 20% de chance de sofrerem com qualquer tipo de câncer de próstata.

 

Segundo os estudiosos, os efeitos são os mesmos para a bebida descafeinada, comprovando que o benefício do café está associado às propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.

 

Câncer de cólon: Nesse caso, o café reduz a probabilidade de volta da doença em pacientes que já tiveram o câncer e finalizaram o tratamento.

Segundo pesquisadores do Centro para o Câncer Dana-Farber de Boston, as pessoas que ingeriram quatro ou mais xícaras de café todos os dias, tiveram um benefício contra o avanço do tumor.

 

Café e Câncer - Saiba mais sobre o assunto.

 

Benefícios do Café para a saúde

 

Foi publicado no American Journal of Clinical Nutrition segundo estudos americanos que acompanhou cerca de 42 mil pessoas ao longo de 9 anos, que a bebida ajuda a evitar doenças neurológicas, como o Alzheimer e Parkinson.

 

E ainda há grandes indícios de ajudar na prevenção de AVC, doenças cardíacas e depressão.

 

Poucas calorias: com praticamente 0% de calorias, o café é uma excelente bebida para quem quer manter uma vida saudável. Além disso, é rico em minerais como fósforo, manganês e magnésio, ajudando a manter o organismo saudável e longe da ação dos radicais livres.

 

  • Rico em antioxidantes: rico em antioxidantes fundamentais para o nosso organismo, o café ajuda a fortalecer o sistema imunológico.
  • Melhora o humor: por ser rico em cafeína, o café ajuda a aliviar o estresse, e é um ótimo aliado na prevenção de dores de cabeça e enxaquecas.
  • Previne a prisão de ventre: a cafeína facilita os movimentos intestinais, estimulando os músculos e ajudando na evacuação.

 

 

Como agilizar o café da manhã em família.

Receitas de Café.

Acompanhe nossa página no Facebook!

Acompanhe nosso grupo Eu Adoro Café!

Envie sua receita!

 

 

Café Cappuccino Ouro Negro

 

Veja também!