Combina com café – Receita de Berliner, Bola de Berlim ou Sonho: conta-se que por volta de 1756, quando a Prússia estava prestes a ser invadida, Frederico, o Grande, recrutou todas as pessoas disponíveis para defender Berlim.

Um jovem ajudante de padeiro foi selecionado para ajudar na artilharia trabalhando com as balas dos canhões. Depois de um certo tempo recebendo treinamento e não mostrando talento para a guerra, o jovem foi afastado do batalhão, voltando a trabalhar como ajudante de padeiro.

 

Inspirado pelo seu treinamento de guerra ele decidiu criar uma nova receita, fritando bolas de massa fermentada ao invés de forneá-las, como era o convencional. Dessa mudança nasceu o sonho, chamado de Berliner, em referência a cidade.

 

Os Berliners (ou Bola de Berlim) se espalharam por todos os continentes. Nos Estados Unidos, com um furo no meio, recebeu o nome de Donut; no Brasil foi batizado poeticamente como “sonho”, palavra que descreve muito bem a combinação entre a massa e o saboroso recheio.

 

A Bola de Berlim é um bolo tradicional de Portugal, semelhante à Berliner alemã. Ao contrário desta, normalmente recheada com doces vermelhos (morango, framboesa etc.), é recheada com um doce amarelo chamado creme pasteleiro.

 

O recheio é colocado através de um golpe lateral, sendo sempre visível. As Bolas de Berlim são fritas e polvilhadas com açúcar, antes de serem recheadas com o creme pasteleiro.

 

As suas congêneres alemãs têm um diâmetro um pouco menor e são normalmente polvilhadas com açúcar mais fino.

 

Em Portugal, é possível encontrar bolas de Berlim na maioria das pastelarias, que, por vezes, também as apresentam sem recheio.

 

Receita de Berliner, Bola de Berlim ou Sonho

 

Ingredientes:

 

  • 15 gramas de fermento biológico fresco (1 tablete) ou 1/2 colher de (chá) de fermento biológico seco
  • 1 colher de (chá) de casca de limão ou de laranja ralada
  • 8 colheres de (chá) de geleia de ameixa ou cereja
  • 2 colheres de (chá) de rum branco
  • 4 colheres de (sopa) de açúcar
  • 1 colher de (chá) de sal
  • 1/2 tablete de manteiga
  • algumas gotas de essência de baunilha
  • farinha de trigo para polvilhar
  • óleo ou gordura para fritar
  • 300 ml de leite morno
  • 500 gramas de farinha
  • açúcar para polvilhar
  • óleo para untar
  • 3 gemas

 

Modo de Preparo:

 

  1. Esfarelar o fermento e misturar com 2 colheres de (sopa) de leite morno.
  2. Colocar a farinha, o sal e o açúcar em uma vasilha e juntar a manteiga, misturando com as pontas dos dedos até a mistura ficar parecida com migalhas de pão.
  3. Adicionar ao fermento o resto do leite, as gemas, a essência de baunilha, a casca ralada de limão ou de laranja e o rum branco.
  4. Despejar na vasilha com os ingredientes secos e misturar bem.
  5. Trabalhar a massa sobre uma superfície polvilhada com farinha até ficar elástica e lisa (cerca de 10 minutos, trabalhando com as mãos).
  6. Colocar a massa de volta na vasilha.
  7. Tampar com um plástico untado com óleo e deixar a massa fermentando em um lugar aquecido até dobrar de volume – cerca de 1 hora.
  8. Trabalhar a massa brevemente. Cobrir a vasilha e deixar descansar outra vez, por alguns minutos.
  9. Abrir com o rolo de macarrão, deixando-a com uma espessura de 0,5 cm, e com a borda de um copo fazer rodelas de 8 cm de diâmetro.
  10. Separar metade das rodelas e colocar 1 colher de (sopa) de geleia no centro de cada uma.
  11. Umedecer as bordas com água e cobrir com as rodelas restantes, pressionando as bordas para colá-las.
  12. Dispor os bolinhos recheados em uma assadeira, cobrir e deixar fermentando por cerca de 40 minutos.
  13. Aquecer o óleo em fogo brando em uma frigideira funda e fritar os sonhos em pequenas quantidades, virando-os uma só vez, até ficarem dourados.
  14. Retirar da frigideira com uma colher perfurada ou com uma escumadeira, escorrer bem e passar no açúcar.

Se você tem alguma receita, envie para o nosso blog!